O que estou vendo?

18 04 2010

Andei um tempo sem vir aqui… mas no último mês assisti a alguns filmes e seriados. Vou falar sobre alguns neste post, os que chamaram atenção imediata foram:

500 dias com ela:

Filme fofo, daqueles que dá vontade de de assistir várias vezes. A fotografia do filme é uma graça, um estilo 60’s tanto na música, quanto no figurino da personagem principal, Summer (Zooey Deschanel). Essa não é uma história de amor!

Educação (An Education)

Outro filme totalmente diferente do convencional, que também não se trata de uma história de amor, como o próprio crtaz sugere, e sim das escolhas de uma jovem em meio a sedução de um homem mais velho e a ida para a faculdade. Fotografia linda, música interessante .

Julie & Julia

Culinária, uma jovem que chegou aos 30 sem direcionamento profissional, uma meta a cumprir em 365 dias: Fazer todas as receitas do livro da Lendária Julia Child e postar em seu blog. Iniciativa que rendeu uma mudança total na vida de Julie. 

Brüno

OH MY GOD!! Esse eu postei aqui somente com o intuito de alertar. Indecente, e sem noção confesso que me arrancou boas risadas da mesma forma com que me chocou. Se você não gostou do Segredo de Brockback Mountain, não assista pois isso aqui ultrapassa os limites! Sacha Baron Cohen consegue se superar e ganhar o troféu sem-noção 2010!!

Being Erica (série)

Eica Strange é uma trintona que ainda vive como se tivesse seus 20 e poucos anos: não tem sorte no trabalho nem na vida amorosa, até que surge a oportunidade de, através de uma terapia nada convencional com Dr. Tom, de reaver e tentar consertar muitos de seus arrependimentos do passado. Alegre, interessante, divertida… algumas vezes nos identificamos com problemas dela,outras não. A série até o momento foi até o ep 12 da segunda temporada. Estamos no aguardo da terceira. Eu gostei. Destaque para a trilha sonora com hits dos anos 80 e 90 que arecem esporadicamente no decorrer das cenas.

Anúncios




Vazio

8 04 2010

É duro não  ter mais,

Não saber mais,

Não sentir mais.

É duro não o ver mais,

Nem ouvi-lo falar;

É duro chegar lá sentir

O imenso vazio na sala.

-E dentro de mim.

Onde será que está

Aquela alma que um dia habitou seu corpo

Que agora descansa em outro lugar que não seu quarto?

Um lugar de onde nunca mais voltará, não como antes.

É saudade da infância,

É saber que não nos veremos mais.

Dura foice da morte, porque veio parar aqui na minha vida?


Escrevi esse poema em fevereiro de 2003, quando meu avô se foi. Hoje, abril de 2010, 7 anos depois eu leio ele novamente com o mesmo pesar em meu coração . Fica com Deus ( e com o vovô, se possivel) vovó! Eu nunca fui boa em demonstrar sentimentos, mas eu TE AMO!





Capitão América (parte II)

23 03 2010

Já foi definido o ator que interpretárá o Capitão América em dois longas no cinema: Chris Evans. Ele foi a o Tocha Humana no Quarteto Fantástico.





A Elegância do Comportamento

20 03 2010

Recebi esse texto por e-mail e achei fundamental compartlhá-lo. Não sei quem é o autor, se alguém souber me avisa para eu dar os devidos créditos.

Existe uma coisa difícil de ser ensinada e que, talvez por isso, esteja cada vez mais rara: A Elegância do Comportamento.
É um dom que vai muito além do uso correto dos talheres e que abrange bem mais do que dizer um simples obrigado diante de uma gentileza.
É a elegância que nos acompanha da primeira hora da manhã até a hora de dormir e que se manifesta nas situações mais prosaicas, quando não há festa alguma nem fotógrafos por perto.
É uma elegância desobrigada.
É possível detectá-la nas pessoas que elogiam mais do que criticam.
Nas pessoas que escutam mais do que falam. E quando falam, passam longe da fofoca, das pequenas maldades ampliadas no boca a boca.
É possível detectá-la nas pessoas que não usam um tom superior de voz ao se dirigir a frentistas.
Nas pessoas que evitam assuntos constrangedores porque não sentem prazer em humilhar os outros.
É possível detectá-la em pessoas pontuais.
Elegante é quem demonstra interesse por assuntos que desconhece, é quem presenteia fora das datas festivas, é quem cumpre o que promete e, ao receber uma ligação, não recomenda à secretária que pergunte antes quem está falando e só depois manda dizer se está ou não está.
Oferecer flores é sempre elegante.
É elegante não ficar espaçoso demais.
É elegante, você fazer algo por alguém, e este alguém jamais saber o que você teve que se arrebentar para o fazer…
É elegante não mudar seu estilo apenas para se adaptar ao outro.
É muito elegante não falar de dinheiro em bate-papos informais.
É elegante retribuir carinho e solidariedade.
É elegante o silêncio, diante de uma rejeição…
Sobrenome, jóias e nariz empinado não substituem a elegância do Gesto.
Não há livro que ensine alguém a ter uma visão generosa do mundo, a estar nele de uma forma não arrogante.
É elegante a gentileza, atitudes gentis falam mais que mil imagens…
Abrir a porta para alguém… É muito elegante…
Dar o lugar para alguém sentar… É muito elegante …
Sorrir, sempre é muito elegante e faz um bem danado para a alma…
Oferecer ajuda… É muito elegante.
Olhar nos olhos, ao conversar é essencialmente elegante.
Pode-se tentar capturar esta delicadeza natural pela observação, mas tentar imitá-la é improdutivo.
A saída é desenvolver em si mesmo a arte de conviver, que independe de status social: é só pedir licencinha para o nosso lado brucutu, que acha que “com amigo não tem que ter estas frescuras”.
Elegante é ser correto, íntregro, humilde e honesto em todos os momentos de sua vida.
Se os amigos não merecem uma certa cordialidade, os inimigos é que não irão desfrutá-la.
Educação enferruja por falta de uso.
E, detalhe: não é frescura.





Os 15 anos de Talita

7 03 2010

Dia 2 de arço de 2010, Talita fez 15 anos!  A montagem é de quando ela tinha 13 anos, mas ta valendo!





Sweet Melissa of Mine

7 03 2010

Bom… a foto não esta boa , mas eis minha coleção de Melissas! Depois que bati a foto, mais uma entrou para a familia, a Ultragirl. Até o fechamento dessa edição, são as minhas Melissas:





Melissa Et Circenses – Wishlist 2010 #1

6 03 2010

Booommm.. contrariando muito minha opinião a respeito de galochas de plástico, incluí a mais recente criação da Melissa desse inverno na minha lista. Tenho um bom motivo para isso. Um não, 2: Onde moro chove mais do que faz sol; não dá para sair NUNCA sem guarda-chuva na bolsa, parece até Forks¹. E a botinha até que é discreta, pasa longe daquela galocha de açougueiro que a Melissa lançou há algumas coleções. E fora isso, incluí em minha lista de desejos “Et Circenses”  a flower, que venho cobiçando desde a sua edição I, mas nao consegui  pagar 100 90 reais por um chinelinho ainda… e a Severine, que não tenho em nenhuma versão ainda. Vi por aí, rumores de que será lançada uma Melissa de Alice in Wonderland, mas como ainda não está a venda no site, não coloquei aqui, mas se for verdade, eu quero!!!

Ultragirl + Barbie

Severine + Thaís Losso

Vivienne Westwood Anglomania + Melissa Ankle Boot

Flower + Isabela Capeto II


¹ Forks: cidade chuvosa onde é passada a saga Crepúsculo, perfeita para esconder vampiros.